É possível fazer uma graduação na Alemanha sendo estrangeiro?

Essa e outras perguntas são frequentes por aqui. Por esse motivo reunimos toda informação possível para que vocês entendam o processo e levem em consideração a gama de oportunidades existentes para quem quer estudar.

E respondendo a pergunta inicial: sim, é possível. MAS há uma série de informações importantíssimas nesse processo que devem ser levadas em conta para que tudo corra bem. Listamos abaixo 07 questões que ajudarão vocês a darem os primeiros passos. Vamos lá!

Conclui ensino médio no Brasil. Posso entrar na universidade na Alemanha?

Ter os documentos de comprovação do ensino médio do Brasil não são suficientes para que você ingresse em uma graduação por lá. A menos que você tenha concluído no país e realizado o Abitur (uma espécie de enem). No Brasil existem escolas alemãs, tais como a Colégio Erasto Gärtner (Curitiba), Deutsche Schule (Rio de Janeiro) e Humboldt-Schule (São Paulo), que formam o aluno e proporcionam o Abitur para aqueles que têm interesse em dar continuidade nos estudos em países de língua alemã.

Não tenho Abitur. E agora?

Nesse momento há duas possibilidades viáveis: dar início ao curso em uma universidade no país de origem, completar até dois semestres (dependendo do curso, quatro) e pedir transferência ou cursar um ano de Studienkolleg na Alemanha após a conclusão do Ensino Médio no Brasil. 

O Studienkolleg é uma espécie de complemento ao nosso Ensino Médio. Para isso, o candidato precisa ter concluído os estudos no Brasil. O Studienkolleg funciona como uma “ponte” para ajudar o estudante a se integrar na cultura acadêmica alemã. O curso é uma preparação específica para estudantes estrangeiros e voltada diretamente para a área de interesse dos estudantes. Mas atenção: para fazer o Studienkolleg é necessário comprovar conhecimento da língua alemã antes de começar o curso.

Como comprovo minha proficiência em alemão?

As opções mais populares são o Teste de Alemão como Língua Estrangeira (TestDAF), que dá para fazer antes mesmo de embarcar para a Alemanha. Os resultados são apresentados em três níveis: TDN 3, 4 e 5. Com nível 4 em todas competências, o candidato tem acesso irrestrito a qualquer universidade da Alemanha. Diversas instituições, no entanto, também aceitam candidatos com TDN 3 em todas competências. No Brasil, o TestDAF é aplicado em 10 diferentes centros em todo o país. A taxa do exame é de aproximadamente €130. Outro exame largamente aceito é a prova de Alemão para a Admissão de Candidatos Estrangeiros ao Ensino Superior (DSH). O DSH é feito somente na Alemanha, geralmente três ou quatro semanas antes do início do semestre letivo. A prova tem módulos orais e escritos, e os resultados são divididos em três níveis: DSH 1, 2 e 3. O estudante só será aceito na universidade se alcançar o nível 2. A prova custa entre 40 e  150 € em algumas universidades.

Como ingressar no Studienkolleg?

Studienkolleg dura um ano e é em tempo integral. A depender do seu desempenho, é possível encurtar o tempo para um semestre. Caso você reprove em algum semestre, é possível repetir apenas uma vez. No último semestre, os alunos fazem o Feststellungsprüfung (FSP), que é a prova final. Com a nota da FSP e o certificado de conclusão do Studienkolleg, você tem direito a se inscrever para qualquer universidade alemã e está apto a fazer graduação de graça na Alemanha.

Qual é o custo?

Assim como as universidades, a maioria dos Studienkollegs na Alemanha são gratuitos, mas taxas semestrais são cobradas. O valor depende da cidade e do tipo de curso, mas geralmente fica entre entre 100 e 400 euros por semestre. Além disso, o estudante também precisa ter dinheiro para pagar o seguro-saúde obrigatório, livros, acomodação e alimentação. Estima-se que um estudante necessite entre 600 e 750 euros por mês para se manter no país.

Posso trabalhar enquanto faço o Studienkollege?

Não. O visto concedido é o de estudante e não permite trabalhar legalmente no país.

Quando iniciam as aulas?

Geralmente, o início das aulas é em setembro/outubro, mas isso pode variar de instituição para instituição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s